Como obter um CNPJ simples

 Como obter um CNPJ simples

Comece a empreender o quanto antes. Confira o checklist

Para começar seu negócio o quanto antes, os  requisitos vão depender do tipo de empresa que você quer abrir, mas não é tão complicado quanto parece

De modo geral, você só vai precisar de um plano de negócio, documentos pessoais e dados da empresa, além dos requerimentos específicos dos órgãos do governo.

Se você deseja saber o que é necessário para abrir um CNPJ simples, é provável que já esteja planejando ter seu próprio negócio há algum tempo.

Quando você sabe o que pretende vender e em qual ramo de atividade quer atuar, a formalização é a etapa mais simples para a abertura de empresa. 

Você só vai precisar de poucos documentos e dos dados básicos do negócio, como razão social e nome fantasia, endereço e capital social, por exemplo. 

E claro, de um contador que possa orientar você durante o processo e intermediar os trâmites burocráticos com os órgãos do governo. 

Se a atividade da empresa for permitida para o Microempreendedor Individual (MEI), a abertura é ainda mais simples e pode ser feita por você mesmo, pela internet. 

De modo geral, é fácil providenciar o que precisa para abrir um CNPJ, como veremos em detalhes nos próximos tópicos. 

Microempreendedor individual (MEI)

Como vimos, o MEI é a forma mais simples de abrir empresa no Brasil. 

Esse tipo jurídico foi criado em 2008 para incentivar profissionais autônomos a se formalizar.

Para ser MEI, é preciso atender aos seguintes requisitos:

  • Não possuir sócios ou outra empresa em seu nome
  • Faturar até R$ 81 mil por ano (2021)
  • Contratar no máximo um empregado 
  • Exercer uma atividade permitida pela lista de ocupações do CNAE.

O registro do MEI pode ser feito 100% online pelo Portal do Empreendedor e exige documentos como RG, título de eleitor ou declaração do Imposto de Renda e endereço residencial, além dos dados do negócio (tipo de atividade, forma de atuação e local). 

Apesar da facilidade em abrir o CNPJ, as regras tornam essa opção de empresa mais restrita e voltada a ocupações mais operacionais. 

Então, se a sua atividade está contemplada pelo MEI

Vale a pena abrir um CNPJ simples?

Só em dezembro de 2020, foram abertas mais de 235 mil empresas no Brasil, mesmo com a crise do coronavírus, segundo dados do Mapa de Empresas. 

Além disso, em 2020, o país bateu o recorde histórico de 3,3 milhões de novos negócios, o que representa um aumento de 6% em relação a 2019. 

Logo, mesmo com o cenário de crise, o empreendedorismo não parou no Brasil — pelo contrário, ganhou ainda mais força impulsionado pelo desemprego. 

Então, se você já sabe o que precisa para abrir um CNPJ simples, o próximo passo é se juntar aos empreendedores e comandar seu próprio negócio. 

Redação

Diretora de Conteúdo Sonia Nascimento_ Jornalista, pós-graduada em jornalismo com ênfase em direção editorial e Gestão estratégica de mercado, pela ESPM; (MTB-35423)